Dicas para empreendedores, Inbound Marketing

Inovar ou seguir a prospecção de vendas tradicional?

E por que não unir as duas formas?

Aprenda como as ferramentas de automação em marketing podem auxiliar no processo de suas vendas tradicionais.

Muitas empresas ainda não descobriram de que forma o marketing digital pode contribuir com resultados concretos para seu negócio, muitas vezes por desconhecimento das ferramentas por subestimar o investimento em um conteúdo relevante ou ainda porque já tiverem alguma experiência no qual não obtiveram um resultado satisfatório, em grande parte dos casos porque não tiveram um planejamento adequado ou mesmo não souberam calcular o ROI (taxa de retorno).

O fato é que muitos ainda tem dúvida sobre a efetividade do marketing digital e ficam receosos sobre investir nas novas ferramentas ou permanecer na comodidade (ou não)  nos moldes tradicionais.

Está cada vez mais evidente a importância do marketing digital para o crescimento de pequenas empresas, uma   pesquisa global da Regus, que constatou, em 2010, que 49% das empresas brasileiras ganharam novos clientes “com bastante êxito” através de atividades em redes sociais. Um ano depois, essa proporção cresceu dez pontos percentuais e alcançou o promissor índice de 59% e sem dúvidas este número continua crescendo a cada ano acompanhado os avanços das ferramentas.

Mas este texto não tem o objetivo de fazer com que você deixe sua prospecção de vendas tradicional, mas sim para que você aprenda como eliminar grande parte do trabalho operacional por meio de ferramentas que tornam sua prospecção de forma automática.

Quer saber como?

Por meio de uma estratégia de funil de venda organizadas em ferramentas de automação em marketing, uma dessas ferramentas de automação estão as denominadas “maquinas de vendas”

Mas o que essas ferramentas de automação em marketing oferecem que podem ser úteis para o seu negócio?

Em resumo as máquinas de vendas são ferramentas que integram desde o primeiro contato seu público potencial por meio de páginas de cadastros (landing pages) até uma sequência de conteúdos com foco em conversão de vendas.

Mas ao contrário do que você pode pensar,  essa conversão em venda não tem nada a ver com spam e muito menos tem a pretensão de encher o espectador de anúncios e anúncios… Longe disso, o objetivo aqui é conquistar primeiro a confiança de seu público por meio de envios de conteúdos relevantes, para somente depois apresentar seus produtos de forma mais direta.

Esta forma de prospecção visando atrair e instruir o público antes da prospecção direta e é o chamado Inbound Marketing ou novo marketing,  que na prática vem se mostrando muito mais efetivo e econômico que a forma tradicional de marketing caracterizada pela mensagem que mais interrompe do que atrai seu público (podemos citar como exemplo os a maioria dos comerciais de tv,  vendas diretas, telemarketing e afins).

Por meio de conteúdos com relevância e de uma frequência adequada toda realizada de forma automatizada nestas ferramentas você instrui o seu público e gera um relacionamento, como faria um vendedor, porém de forma automática sem ocupar sua mão de obra para fazer as etapas iniciais.

E você deve estar pensando,  está bem, mas  onde minha equipe comercial entra nesta história?

Para focar nos clientes que estão nas últimas etapas de seu funil de vendas.

Sua equipe comercial tradicional só ligaria ou marcaria com os clientes que já estivessem com um melhor conhecimento dos seu mercado, da sua marca e devido a este pré-contato facilitaria e muito o trabalho da sua equipe.

Dentro destas plataformas você também consegue ver a evolução destas informações e a organização necessária para sua equipe fechar muito mais negócios.

Em breve postaremos mais sobre ferramentas de automação em mkt e os prós e contras de algumas delas.

Seu comentário é muito importante para aprimorarmos nosso conteúdo, se curtiu, compartilhe com seus amigos e curta esta publicação, se não curtiu deixe seu comentário e nos ajude a melhorar.